HASHTAGS | O que significa e como utilizar a favor do seu NEGÓCIO!

Atualizado: 25 de jan. de 2021

Hashtag é um termo associado à tópicos que podem ser pesquisados em redes sociais, inserindo o símbolo de cerquilha ou como popularmente conhecido, “jogo da velha” (#) antes da palavra, frase ou expressão. Permite otimizar e direcionar as publicações em redes sociais, e são basicamente a união de um filtro de busca, com uma etiqueta de conteúdo.


Filtro de busca: ao clicar na hashtag, você é levado para um apanhado de todos os conteúdos identificados com ela.


Etiqueta de conteúdo: funciona como uma categorização de tudo que foi postado.



Ou seja, esta é uma maneira prática de agrupar diversos conteúdos sobre um determinado tema, facilitando a pesquisa posteriormente sobre o tópico desejado.


Com a disseminação do uso das Redes Sociais e consequentemente o aumento do uso das hashtags, surgiu uma terceira função que é oconceito semântico.


Conceito semântico: São novas hashtags que foram criadas não para auxiliar nas buscas, mais sim, para indicar uma brincadeira, uma expressão ou até mesmo uma indireta #ficaadica.


Enfim, as hashtag se tornaram uma excelente estratégia de marketing para empresas se relacionarem com seus usuários e conquistarem novos seguidores. Porém, muitas ainda não entendem muito bem como funciona, quais suas vantagens e quais as desvantagens em utilizar de forma inadequada.


Por mais que seja uma boa ideia começar a usar hashtags nas suas publicações, é importante pensar que até elas possuem um limite. O Instagram delimita que cada publicação tenha, no máximo, 30 hashtags. Dessa forma, a plataforma consegue não só garantir que os conteúdos circulados permaneçam relevantes, mas também evitar a publicação de spam.


É preciso ainda, pensar que o foco principal sempre deve ser o usuário da plataforma. Por isso, é importante e relevante, entender qual o comportamento dos usuários quanto ao uso das hashtag nas publicações.


Ainda que o algoritmo não seja impactado diretamente pelo uso excessivo das hashtags, muitos usuários desaprovam este comportamento, acreditando ser uma tentativa desesperada das marcas em alcançar os usuários.


Portanto, quem ainda estava apostando em usar e abusar das hashtags, acaba sendo impactado indiretamente pelo EdgeRank (conjunto das regras automatizadas que determinam os critérios para entrega de conteúdo). Isso porque antes a entrega era feita por cronologia, mas agora os principais critérios para determinar a entrega são a afinidade e o engajamento.


Ou seja, quanto mais os usuários interagirem com o conteúdo postado, mais ele será entregue. É importante entender a opinião dos usuários, pois se existe uma certa rejeição no uso excessivo de hashtags, logo a publicação postada dessa forma será prejudicada.


Existe pesquisas que mostram que o uso acima de cinco hashtag, já podem sim afetar o engajamento e consequemente, a entrega da publicação.


Isso ficou tão sério, que o próprio Instagram começou a fiscalizar o uso, criando a opção de denunciar quando elas estão sendo utilizadas fora de contexto, para spam ou até mesmo de forma equivocada. Assim, a plataforma verifica e bane as publicações que realmente não condizem com a hashtag utilizada.


As pessoas ou empresas que abusam desta prática, sofrem o efeito chamado Shadowban. Que nada mais é que o bloqueio parcial ou total do seu conteúdo, que em situações mais graves pode levar a penalização da conta.


Então não devemos mais usar Hashtag?

Não, muito pelo contrário. O uso das hashtag continua sendo muito importante e relevante nas redes sociais, porém é importante ser cada vez mais seletivo e criterioso nas suas escolhas. Tanto que já é possível perceber que grandes marcas optam por aplicar poucas hashtag principalmente com a finalidade semântica.


A recomendação é o uso moderado, e além disso, é ideal priorizar as hashtag que tenham relação com seu conteúdo e que efetivamente curam as “dores” dos usuários que você quer alcançar. Essa é uma estratégia para que suas publicações façam a diferença na vida deles, tornando-se mais segura e que possivelmente lhe trará melhores resultados.


É válido ressaltar também, que o comportamento dos usuários é bem diferente e singular em cada plataforma, portanto, uma hashtag que faz sucesso no Twitter, não necessariamente fará o mesmo sucesso no Facebook, por exemplo.


Portanto, é importante pesquisar o comportamento dos usuários em cada uma das redes, para entender como utilizar as hashtag de forma correta, gerando assim, mais afinidade e engajamento.


Gostou da Informação? Entre em contato com nosso time, pois queremos ajudar você a entender como utilizar corretamente as Hashtag a favor do seu negócio.


Equipe Outlier


15 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo